SEJA BEM VINDO SEMPRE!

Olá! Que a Paz de Cristo reine em teu coração! É um grande prazer receber você em minha página. Espero que edifique sua vida e que você indique este blog às outras pessoas! Abraço.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

ENTRE O PICADEIRO E O ALTAR - Pregadores que tratam a igreja como circo


"Respeitável Público: Com vocês... ooo PREGADOOOORR!!"


É quase isto! Anuncia-se o pregador e então aparece atrás do púlpito alguém vestido num terno colorido, sapatos multicores, gravata linguiça ou gravata multicores com pedrarias a gosto, calças apertadas (cores a gosto - vermelho, verde, azul, roxo, preto, branco, amarelo), e outros adereços esquisitos. Outro dia, um deles apareceu com gravata, lenço e echarpe amarelos... Nitidamente estava preparado para um desfile na passarela, mas jamais para o púlpito! Um amado amigo meu, pregador renomado, disse há pouco tempo enquanto ministrava: "boa parte dos pregadores de hoje não está vestindo-se para vir ao culto apresentar-se a DEUS, mas para as mulheres que frequentam os cultos!" Logo pensei: "bem, a maioria deles ou entende bem pouco ou nada de ética, ou bem pouco ou nada de mulheres". Que DEUS perdoe-me o divertimento imaginário neste aspecto, mas, seria cômico se não fosse trágico! Deve o pregador vestir-se sobriamente, como é digno do púlpito. Não entendam-me mal, por favor, mas tenho inquietante irritação quando vejo coisas assim, e olhem que não tenho visto poucas. Já são vários anos viajando e ministrando em todo tipo de eventos por esse país e tenho sentido-me muitas vezes constrangido com algumas aberrações e situações ridículas com as quais deparo-me!

Tem mais: além do visual chocante, hilário ou deprimente, alguns também pecam gravemente na comunicação. Na débil tentativa de impressionar o público com uma linguagem mais rebuscada ou erudita, alguns lançam mão de termos desconhecidos, palavras não coloquiais e expressões esquisitas. Impostam suas vozes profundamente numa terrível manobra para chamarem atenção do público. Por outro lado, há os que exibem péssimo português. Outros, cumprimentam os obreiros ao chegarem no ambiente, com uma falsa e exibicionista reverência, inclinando-se à frente quase como o fazem os japoneses em sua característica cultura. Perdoem-me, mas não resisti. Senti-me impulsionado a escrever sobre isto. Gostaria mesmo que os companheiros e irmãos pregadores compreendessem isto de forma educativa, instrutiva, conselheira, como uma crítica positiva. Penso que o posso fazer como pastor e pregador do evangelho, embora consciente de minha pequenez, de minhas limitações e de minha disposição em SERVIR ao SENHOR.

Outra coisa estranha são as acrobacias ensaiadas por alguns que movimentam-se desenfreadamente, agitam os braços freneticamente, gritam excessivamente o tempo todo, saem correndo no meio da igreja e coisas do tipo. Conheço alguns que ocupam o tempo no altar contando anedotas e fazendo o povo rir, em alguns casos, inclusive, com linguajares e histórias que não caem bem no ambiente espiritual e especialmente no púlpito da Casa de DEUS! Não que o bom humor não seja bem-vindo, e gosto de ouvir pregadores alegres, mas faça-se tudo com ordem e decência. Igreja não é circo, altar não é picadeiro e pregador não é palhaço; com todo respeito aos profissionais do ramo! Fico realmente estarrecido com estes comportamentos e creio que boa parte dos meus caros leitores sinta o mesmo! Claro que há aqueles pregadores que ocupam o outro extremo: postam-se rigidamente atrás do púlpito, não movem-se um centímetro sequer e discursam como se estivessem engessados, numa falsa ética e numa postura forçada, que foge ao natural e claramente o público percebe que aquela não é a real personalidade do pregador. Penso que o pregador deve agir naturalmente, óbvio que com aquela reverência necessária e característica ao púlpito, ao altar, à igreja, mas nunca mecânica ou roboticamente. Nem tampouco sem saudáveis limites que são inerentes ao bom senso.

Definitivamente, precisamos rever os conceitos. Especialmente os novos pregadores devem cuidar-se para não caírem nesses modismos e nessas esquisitices do nosso tempo. A igreja é lugar santo, o púlpito é sagrado e o altar dispensa comentários! Mais espiritualidade e menos espetáculos, mais GRAÇA e menos gracejos, mais unção e menos frases e gestos de efeitos forjados. O povo precisa ouvir a mensagem genuína do evangelho, ministrada por pregadores autênticos e comprometidos única e exclusivamente em fazer aparecer JESUS ao invés deles! O centro da mensagem é sempre CRISTO e nunca o pregador; a personalidade do culto é o SALVADOR e não o mensageiro e a pregação é um grito revelador em direção aos pecadores e não um espetáculo para promover o pregador. A igreja é uma comunidade de salvos adoradores, e não um circo de expectadores desejosos de espetáculos centrados no homem! Definitivamente, não confundamos ALTAR com PICADEIRO!

Pr. Jesiel Freitas
Ministério Palavra no Altar


19 comentários:

  1. Pastor Jesiel, o senhor sempre me surpreendendo!!!!! Se eu fosse pregador, lhe ficaria grato pelos conselhos. Concordo plenamente com tudo que relatou... Não tenho tanto tempo de evangelho, mas já vi cada coisa que é de causar indignação!!! Sempre digo que púlpito é lugar "SANTO" _ É necessário que se tenha reverência a este lugar sagrado. Que Deus todas as manhãs renove esse amor que nitidamente vemos que tem pela obra. Deus o abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida irmã Edna Pacheco... Grato pelas suas palavras. Realmente espero que edifique sua vida. Sem dúvidas, o altar é lugar santo e precisa ser reverenciado. DEUS abençoe abundantemente sua vida. Abraço!

      Excluir
  2. Parabéns pela clareza e sabedoria! Nos Vínculos da Cruz, Pr. Marcos André.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Suas orações serão sempre bem-vindas, caríssimo Pr. Marcos André, Bíblia Glow...! Abraço.

      Excluir
  3. Caro Amigo Pr. Jesiel, a Paz!

    Amei seu texto e nem poderia ser diferente. Tomei a liberdade para publicá-lo em meu blog.

    Quando puder dá uma passadinha lá: pastorguedes.blogspot.com.br

    Saudades do Amado, precisamos nos ver.

    Forte Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amado amigo, Pastor Guedes! Paz seja contigo, nobre companheiro...! Saudades de ti. É uma honra ter sua apreciação e prestígio. Fiquei feliz que o tenha publicado, na esperança de contribuir com nossos caros pregadores iniciantes e irmãos leitores em geral! Passo sempre pelo seu blog e retornarei lá ainda hoje. Grande abraço! E espero que nos vejamos logo! Abraço forte.

      No amor de Cristo:
      Pr. Jesiel Freitas

      Excluir
  4. muito boa essa matéria Pastor, Parabéns..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela leitura e apreciação, caríssimo Pastor Jonas Prado! Abraço.

      No amor de CRISTO:

      Pr. Jesiel Freitas

      Excluir
  5. Nobre pr. Jesiel Freitas,

    Paz amado!

    Espetacular a sua matéria. Vivemos esta triste realidade no momento em que muitos se calam e se escondem. Grato sou a Deus por sua vida e por sua disponibilidade em proclamar a verdade.

    Lutemos como atalaias, pois, a nossa recompensa somente virá do Senhor. Não aceitemos de forma alguma as ofertas que nos livrem e nos façam esquecer a pregação do Evangelho com Simplicidade.

    O Senhor seja contigo, nobre companheiro,

    O menor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amado companheiro e amigo, Pr. Newton Carpintero!! Bom tê-lo por aqui novamente. Feliz pela sua participação e comentário. Espero de alguma maneira contribuir para o enriquecimento dos pregadores. Conto sempre com suas orações. Um grande e fraterno abraço.

      No amor de CRISTO:

      Pr. Jesiel Freitas

      Excluir
  6. Ola pastor Jesiel
    Paz

    Gostaria de republicar sua mensagem em meu blog e, também, em minha página no facebook. Tenho a sua permissão??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo companheiro Alberto Couto Filho, paz seja contigo. Claro, fique à vontade para republicá-la tanto em seu blog quanto em seu facebook. É uma honra. Permissão concedida. Grande abraço e Paz.

      Excluir
  7. Caro amigo e pastor Jesiel Freitas,
    Parabéns pelo excelente texto. Assino contigo.
    No afã de reverberar o artigo, publiquei um link no Point Rhema:
    http://www.pointrhema.com.br/2014/09/entre-o-picadeiro-e-o-altar-pregadores.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz, meu caro amigo e pastor Carlos Roberto!

      Estou grato pela sua leitura e apreciação do artigo. Também grato por publicar o link em seu blog, que por sinal, é sobejamente visitado pelos seus leitores. É uma humilde tentativa de auxiliar os jovens pregadores do evangelho e alertar os expectadores. DEUS o abençoe, nobre amigo!

      No amor de CRISTO:

      Pr. Jesiel Freitas

      Excluir
  8. Entrei neste blog por intermedio do nobre pr. Carlos Roberto Silva. Parabens pelo texto, pura realidade em nossos dias, e é mais lamentavel que as pessoas gostam de pregadores que agem dessa forma. um abraço; ev. José Evaldo Barbosa em Catalão-GO
    Não sei é permitido mas vou publicar no meu blog.

    ResponderExcluir
  9. Paz, caro Ev. José Evaldo Barbosa... Obrigado pela sua participação e apreciação do texto. Tem razão: muitas pessoas gostam de pregadores que agem assim, infelizmente! Quanto a publicação do texto, fique a vontade. Abraços e Paz.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pastor falou tudo o que acontece realmente nas deno Cristo Jesus é o alvo a ser seguido

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pastor falou tudo o que acontece realmente nas deno Cristo Jesus é o alvo a ser seguido

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pastor falou tudo o que acontece realmente nas deno Cristo Jesus é o alvo a ser seguido

    ResponderExcluir

Olá! Será sempre um grande prazer receber seus comentários, por isto, comente! Porém, em respeito aos demais leitores e visitantes seus comentários serão publicados após aprovação dos editores e do proprietário do blog. Grande abraço, obrigado pelo carinho e... COMENTE!!

Related Posts with Thumbnails

Faça parte de nosso ministério!

Faça parte de nosso ministério!