SEJA BEM VINDO SEMPRE!

Olá! Que a Paz de Cristo reine em teu coração! É um grande prazer recebê-lo(a) em minha página. Espero que você seja abençoado(a) e indique este blog às outras pessoas! Abraço e Shalom! Visite também: www.jesielfreitas.com.br

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

PREGADOR DO EVANGELHO: PROFISSÃO OU VOCAÇÃO?


Outro dia ouvi uma frase infeliz, inconveniente e irresponsável de alguém que devo classificar como “colega de ofício”... Talvez, “colega de vocação”. Estávamos numa dessas reuniões que concentram muitos pastores e ministros em geral, e, numa pausa para o cafezinho, o tal obreiro disparou a seguinte pérola: “O mercado de conferencistas avivalistas tem aumentado bastante. Cheguei à conclusão que é preciso aperfeiçoar minhas técnicas de pregação para concorrer em pé de igualdade com os inúmeros pregadores que vem surgindo na modernidade”. Confesso que mesmo convivendo nesse meio e tendo ouvido incontáveis outras pérolas proferidas por gente assim, fiquei perplexo e profundamente indignado com tal afirmação. Por favor, não me tenham por ignorante ou ingênuo, embora isto não me diminua ou afete em coisa alguma meu ministério ou chamada pastoral. Senti-me no direito de reprovar tal absurdo porque não é assim que compreendo minha vocação ministerial, repito: VOCAÇÃO MINISTERIAL! Infelizmente tenho visto muitos obreiros que encaram suas chamadas como carreira profissional e fazem da santa vocação ministerial, uma especialidade profissional. Tenho tido o desprazer, inclusive, de ler alguns escritos que apóiam essa equivocada e constrangedora visão do que o ministério eclesiástico realmente representa e significa para os homens. Vejam o que afirmou nosso companheiro, patriarca do evangelho da graça aos gentios, apóstolo Paulo:

“Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!” (I Coríntios 9: 16)

Ao que parece, e, pelo menos que entendo dessa afirmação, pregar o evangelho constitui-se numa vocação dada por Deus ao homem, que a recebe como incumbência da qual não deve tentar livrar-se. Particularmente vejo este dom como um grande privilégio que o homem recebe de Deus na forma de designação. Fui designado para pregar o evangelho. Mas é bom lembrar que anunciar as boas novas não constitui jamais em meio de vida, estratégia para ganhar dinheiro, ou fórmula para ajuntar bens materiais. Também não se constitui em função artística, visando fama, poder, status ou influências mal intencionadas. Há somente um tipo de influência que devemos visar com este dom: a influência da palavra nas almas destinadas à perdição pelo pecado, para que mudem suas rotas e passem a caminhar em direção a Deus! Exatamente por isto deve exercê-la com intenções puras, com entusiasmo, motivação e boas intenções. Paulo continua:


“E por isso, se o faço de boa mente, terei prêmio; mas, se de má vontade, apenas uma dispensação me é confiada” (I Coríntios 9: 17)

Há muitos que não receberão galardão algum, e outros, que sequer salvos serão. Alguns serão salvos apenas por um triz, por um fio, como que saíssem de um grande incêndio apenas com suas vidas perdendo todo o resto: “Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo” (I Coríntios 3: 14, 15). Há muitos que já estão recebendo, ou melhor, ajuntando para sí galardão, aquí mesmo. Estes são os “profissionais do evangelho”, que também podem ser classificados como mercenários, mercadores da palavra, mais preocupados como os holofotes e os ganhos advindos deles do que com as almas que se perdem por falta de salvação. São estes que se preocupam com as “novas técnicas” e com as novas estratégias da “concorrência”. Todos os pregadores devem preocupar-se com o aperfeiçoamento de sua vocação e com o desenvolvimento de seu dom, mas por uma única razão: fazer cada vez melhor o trabalho para aquele que os chamou. O título de pregador não é forma alguma um meio de se conseguir privilégios, passaportes diplomáticos (como temos tido notícias), falsa autoridade ou direito de oprimir as pessoas, usando para isto o pretexto da falsa espiritualidade:

“Logo, que prêmio tenho? Que, evangelizando, proponha de graça o evangelho de Cristo para não abusar do meu poder no evangelho”. (I Coríntios 9: 18 – grifo meu)

Portanto meus irmãos, pregar o evangelho NÃO É PROFISSÃO, É VOCAÇÃO!


Pr. Jesiel Freitas


15 comentários:

  1. A PAZ DO SENHOR MEU AMIGO. É COM PESAR QUE NESSES ULTIMOS DIAS DA IGREJA DE CRISTO NESTA TERRA, TEMOS VISTO OS MAIS VARIADOS 'PROFISSIONAIS' DE CRISTO "PREGANDO" O EGANANGELHO (KKKK), CONFESSO...TO ABORRECIDO COM TUDO ISSO...E PARA PIORAR A SITUAÇÃO, O 'POVÃO' GOSPEL GOSTA DESSE TIPO DE EVENTO ONDE SÃO ENGANADOS. MAS EU ACHO (MINHA OPINIÃO), QUE A CULPA DISSO TUDO SÃO OS "GRANDES LIDERES CRISTÃOS" QUE TEMOS, POIS SÃO ELES QUE ACEITAM ESSES TIPOS DE 'PREGADORES MERCENARIOS' IMPOREM VALORES EXORBITANTES PARA PREGAREM, O EXEMPLO DISSO É PREGAR NO TAL DE 'GIDEÕES',LÁ ME CONTARAM... PARACE JOGADOR DE FUTEBOL RENOVANDO CONTRATO COM O TIME..."QUEM DA MAIS???", SABE POR QUE DIGO ISSO? (QUE É CULPA DOS LIDERES QUE TEMOS?), FUI DURAMENTE CRITICADO NUMA REUNIÃO DE OBREIROS DIAS ATRAS POR CRIAR UM BLOG PARA "CRITICAR OS SANTOS PREGADORES", EM VEZ DE USAR ESSE BLOG PARA EVANGELIZAR...QUEREM TAPAR O SOL COM A PENEIRA, COMO SE NÃO ESTIVESSE ACONTECENDO NADA! CONCORDO COM O SENHOR NESSE TEXTO, "PROFISSÃO OU VOCAÇÃO", TÁ FEIA A COISA...MAS NÃO VOU ME CALAR NÃO...O EVANGELHO É SIMPLES, OS HOMENS QUE O PREGAM TAMBEM TEM QUE SER...QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DE NÓS!
    VEM LOGO JESUS! SHALOM MEU AMIGO. ( DESCULPA O DESABAFO).

    ResponderExcluir
  2. Paz seja contigo meu caro amigo!!

    Fiquei feliz ao encontrá-lo com sua família dia desses! Foi um presente de Deus...

    Mas, em relação ao assunto abordado, certamente quem não gostou de seu blog, deve ter alguma razão muito particular para isto (você entende). A verdade dói naqueles que são atingidos por ela e diante dela encontram-se devedores.

    Essa coisa toda tem me feito sentir-se enojado de tais atitudes, embora ame e tenha piedade destes pobres miseráveis que realmente se acham no caminho certo, e, para completar, acreditam que são importantes o suficiente para desafiar a Deus. Continue no mesmo propósito caro amigo. Gostaria que os mesmos me criticassem nesse espaço. Teriam uma resposta imediata e direta!

    Mas, como meu objetivo não é provocar confrontos ou debates vãos, contento-me com a exposição da verdade, doa à quem doer.

    Mais uma vez, obrigado pela participação!

    Grande e fraterno abraço!

    No mais... Paz!

    Pr. Jesiel Freitas

    ResponderExcluir
  3. Prezado Pr. Jesiel Freitas,

    A afirmação que ouviste de um colega de ministério, é no mínimo lamentável e registra o quanto por baixo está se nivelando o ministério da Palavra.

    Seu texto é uma advertência exortadora e seu post pertinente e necessário. Glórias ao Senhor!

    Um grande abraço!

    Seu conservo em Cristo,
    Pr. Carlos Roberto

    ResponderExcluir
  4. Olá Pr. Jesiel, concordo com o senhor em número, gênero e grau que pregar o evangelho NÃO É PROFISSÃO, É VOCAÇÃO!
    e que o que está faltando muito hoje em dia nos, (ditos), homens de Deus é sabedoria, ou até mesmo de ler a Palavra de Deus. Pois Nela está escrito que; "O princípio da sabedoria é o temor à Deus".
    Vamos incluir estes, ditos homens de Deus, em nossas orações pra que eles abram os olhos e os ouvidos para o Evangelho de Cristo!
    Que Deus nos abençõe!
    A paz de Cristo.
    Ass: Kátia

    ResponderExcluir
  5. Nobre companheiro Pr. Carlos Roberto:

    Paz seja contigo...

    Que prazer ter o amado por aquí!

    Minha modesta esperança é esta: a de que este texto sirva de exortação e alerta a tais "pregadores profissionais" e, em especial, à seus seguidores.

    Deus o abençoe e conto com suas orações em meu ministério!

    Abraço fraterno ao caro amigo.

    No mais... Paz!

    Pr. Jesiel Freitas

    ResponderExcluir
  6. A Paz do Senhor minha amada irmã Kátia!

    Realmente conclui-se esta verdade simples: aqueles que veem o exercício do ministério como meio de ganhos pessoais e o tratam como profissão, perderam o TEMOR DE DEUS! Em poucas palavras você definiu a razão disto ocorrer...

    Estou grato por sua participação nesse texto.

    Abraço fraterno.

    No mais... Paz!

    Em Cristo:

    Pr. Jesiel Freitas

    ResponderExcluir
  7. Graça e paz

    Parabens pelo blog..estou seguindo
    Belissimo texto acima!
    convido-o a conhecer meu blog:
    cativosporcristo.blogpost.com
    abraços

    ResponderExcluir
  8. Paz seja contigo prezado CARLOS HERRERA...

    Obrigado pelo prestígio.

    Espero que o texto contribua com meus leitores. Já passei pelo seu blog e estou seguindo. Conteúdo excelente.

    Abraço fraterno.

    no mais... Paz!

    Pr. Jesiel Freitas

    ResponderExcluir
  9. Graça e Paz da parte do nosso Senhor Jesus

    Pr e professor Jesiél. Quero aproveitar este espaço e lhe agradecer publicamente pela instrução na área que você domina, e bem, que é a homilética; Sempre uso com meus alunos da EBD.
    Pr Jesiél esse tema abordado em seu blog é muito sugestivo e atual. Algum tempo atrás um desses pregadores "profissional do púlpito" pregou em nossa igreja, e no final do culto o tesoureiro entregou uma oferta da igreja em um envelope, então o mesmo abriu, e viu o valor e pronunciou a seguinte frase "isso não da para pagar nem o combustível", o pior é que nós esperávamos se alimentar com um "banquete", porem ele trouxe "um pastel de queijo e uma caçulinha".
    Sabemos que isso é inevitável, pois o escândalo vira, mas ai daquele de que vier o escândalo.
    Mas sabemos que essa situação nos trás a esperança e esta não trás confusão, A VOLTA DE CRISTO.

    Deus abençoe sua vida, e não deixe de realizar tudo o que Deus colocou em seu coração.

    Paz

    ResponderExcluir
  10. Graça e Paz Prezado Pb. Egnaldo.

    Sinto grande satisfação ao saber que minhas aulas lhe foram úteis em sua caminhada. Deus o sbençoe pela geerosidade para comigo.

    Reconheço, e é importante esclarecer isto, que o obreiro, o pastor, o pregador, ou qualquer que dedique sua vida ao ministério, é digno de seu salário, como diz a Bíblia. A recompensa justa deve ser sempre uma atitude de nossa parte. Todavia, como afirmei em minha matéria, existem os mercenários e profissionais do púlpito que banalizam a classe dos verdadeiros pastores e pregadores do evangelho.

    Continue firme em seu propósito amigo. É um prazer tê-lo como amigo e companheiro de ministério. Deus seja louvado!

    Paz seja contigo hoje e sempre.

    Em Cristo e nos laços do calvário:

    Pr. Jesiel Freitas

    ResponderExcluir
  11. SABE PORQUE ISSO TEM ACONTECIDO PORQUE A IGREJA SE ENCONTRA VIUVA. O APOSTOLO PAULO PROFETIZA QUE A IGREJA SERIA ATACADA POR UMA ESPECIE DE LIDERES CUJO OBJETIVO PRINCIPAL NAO ERA DEUS, MAS MERAMENTE HUMANA, E QUE ARRASTARIA AS PESSOAS ATRAS DELES. A VIUVES DA ALMA E MAS DO QUE PERDE ALGUEM QUE LHE FOI INTIMO E PER-SE A SI MSM.

    ResponderExcluir
  12. Caro COSAQUEVITE:

    A Paz do Senhor!

    Ainda bem que a igreja não está viúva de Cristo, porque "EU SEI QUE O MEU REDENTOR VIVE!".

    Permaneçamos na fé original e no primeiro amor, sabendo que os dias são maus, mas que será haverá um remanscente fiel.

    Abraço fraterno.

    No amor de Cristo:

    Pr. Jesiel Freitas

    ResponderExcluir
  13. É lamentável ver os homens negociando aquilo que Deus nos deu pela sua graça e recomendou: De graça recebestes, de garça dai.
    Denúncia corajosa e oportuna! Parabéns Pr Jesiel, que Deus continue te usando na "vocação" para a qual ele te designou!

    ResponderExcluir
  14. Caro ELIZEU ARAUJO:

    Paz seja contigo!

    Realmente lamentamos atitudes de homens que negociam o evangelho, embora isto não nos surpreenda por ser cumprimento das profecias ditas pelo Senhor Jesus e pelos apóstolos da igreja primitiva.

    Obrigado pela sua participação.

    Abraço fraterno.

    No mais... Paz!

    Pr. Jesiel Freitas

    ResponderExcluir
  15. A GRACA E A PAZ DO SENHOR JESUS
    HOJE INFELISMENTE ESTAVA EM UMA AULA DE TEOLOGIA EM QUE O PROFESSOR FALOU SE NOS QUISESSEMOS GANHAR DINHEIRO ERA PARA ESTUDAR MUITO A BIBLIA E PREGAR PORQUE TEM MUITO PREGADOR GANHANDO BEM. AI ENTRAMOS EM UM DEBATE EM QUE EU DISCORDEI E TODOS FICARAM CONTRA MIM E EU FICQUEI DE BOBO E QUE ESTAVA DO AVESSO, SO JESUS NA CAUSA
    GOSTEI DE SEU ESTUDO MUITO BON
    DEUS LHE ABENCOE RICAMENTE EM TODAS AS AREAS DE SUA VIDA
    PR SERGIO NOITE (LONDRES, INGLATERRA)

    ResponderExcluir

Olá! Será sempre um grande prazer receber seus comentários, por isto, comente! Porém, em respeito aos demais leitores e visitantes seus comentários serão publicados após aprovação dos editores e do proprietário do blog. Grande abraço, obrigado pelo carinho e... COMENTE!!

Related Posts with Thumbnails

Faça parte de nosso ministério!

Faça parte de nosso ministério!