SEJA BEM VINDO SEMPRE!

Olá! Que a Paz de Cristo reine em teu coração! É um grande prazer receber você em minha página. Espero que edifique sua vida e que você indique este blog às outras pessoas! Abraço.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

A ERA DOS PREGADORES NARCISISTAS


De fato estamos vivendo os tempos trabalhosos profetizados pelo inspirado apóstolo Paulo, quando escreveu sua segunda carta ao jovem companheiro e cooperador Timóteo. No capítulo 3 e nos versículos 1,2, e 9 ele alertou: "SABE, porém,isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de sí mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos... Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario". Infelizmente é exatamente isto que estamos testemunhando em nossa geração com muita veemência e visibilidade. Não há dúvidas de que Deus tem levantado muitos pregadores neste país que de fato permanecem comprometidos com o verdadeiro evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, porém, quero frisar a tristeza que sinto ao constatar o tão equivalente ou maior número desses "pregadores" que na verdade não passam de "amantes de sí mesmos". Muitos iniciaram seu ministério com o mais sincero e profundo compromisso com a causa de Cristo e o honesto amor pelas almas perdidas que precisam orientar-se por uma pregação sadia e confiável. É, no entanto, triste dizer que nos últimos tempos (e isto sempre foi assim, todavia agora com maior ênfase), tem surgido pregadores narcisistas, e que, lamentavelmente tem alcançado facilidade na conquista do público.

O termo narcisismo provém da Mitologia Grega, que narra a história de Narciso, um jovem muito bonito que desprezou o amor da ninfa Eco e por isso foi condenado a apaixonar-se por sua própria imagem espelhada na água. Este amor impossível levou Narciso à morte, afogado em seu reflexo. O narcisismo, portanto, retrata a tendência do indivíduo de alimentar uma paixão por si mesmo. Segundo Freud, isso acontece com todos até um certo ponto, a partir do qual deixa de ser saudável e se torna doentio, conforme os parâmetros psicológicos e psiquiátricos. Este termo, como tantos outros emigrados do campo psíquico, tornou-se vulgarmente usado para indicar alguém vaidoso ou egoísta. Evidentemente, o termo envolve um significado mais profundo como por exemplo uma paixão desenfreada por sí mesmo que leva o indivíduo a perder a noção das limitações que possui e colocar-se como o centro de tudo. É o que estamos identificando nas vidas de vários pregadores do evangelho. Perderam a noção do ridículo e, pior, da dimensão das suas responsabilidades diante de Deus. Passaram a amar-se, tornaram-se avarentos (apegados aos bens materiais), presunçosos(vaidosos ao extremo), soberbos (acreditam estar acima de tudo e de todos) e alguns até profanos (como é profanar o altar de Deus a fim de obter lucro pessoal). Assim surgem os famosos artistas do púlpito, sempre preocupados com a fama, o dinheiro e o status social. Quando querem agradar o público ( sempre desejam isto), preferem substituir a mensagem de Deus por aquilo que massageia o ego e que possa torná-los simpáticos a fim de manterem suas agendas sempre "cheias". Dizem o que as pessoas querem ouvir, estão extremamente preocupados com a beleza física, criando inclusive modismos no meio do povo de Deus, usam roupas extravantes, como se isto lhes garantisse sucesso ministerial diante do povo e divertem o público com suas anedotas evangélicas.

Com isto infelizmente percebemos a grande perda de qualidade nas mensagens pregadas e, pior, como as pessoas tem facilidade em se deixar levar por determinados tipos de comportamentos e atitudes duvidosas. Os pregadores "narcisistas" ou amantes de sí mesmos não aceitam ser pastoreados e criam suas próprias doutrinas pessoais arrastando multidões atrás de sí. É lamentável reconhecer, que de fato, receberam um dom maravilhoso de Deus, mas não estão sabendo administrá-lo. Multidões ficam extasiadas diante dos seus discursos inflamados e ricamente elaborados. Pessoas se indispôem com seus pastores e líderes espirituais, adotam costumes estranhos e até apostatam da fé seguindo tais homens presunçosos e desobedientes. Contudo é bom saber que Deus temum cuidado especial com a sua igreja e que não os deixa sem resposta... Cuida para que suas carreiras sejam bem mais curtas do que na verdade deveriam ser. Logo o grande Criador e Dominador do Universo faz com que suas atitudes e sentimentos errados sejam revelados ao povo e lhes dá um basta, não permitindo que prossigam avante "Não irão, porém, avante". Os pecados começam a ser revelados de forma clara aos seus interlocutores e o grande castelo da vaidade vai se desfazendo.

Este meu artigo, cumpre também a função de um alerta bem dado a todos aqueles que seervem ao Senhor Jesus Cristo. Cuidado com os "pregadores narcisistas", com os mercadores da fé, com os mercenários da Palavra, com os falsários da mensagem bíblica e etc. É preciso vivermos em constante oração e vigilância, inclusive por estes mesmo seguidores de Narciso, para que eles se convertam genuinamente, abandonem os seus pecados e sirvam a Cristo de verdade. A igreja não pode padecer a falta de profetas comprometidos com a mensagem da Cruz. Para identificá-los é facil... Basta consultar no Livro Sagrado para perceber se eles cumprem ou não a vontade Deus. Se amarem a Deus acima de sí mesmos, se amarem aos seus irmãos e se não fizerem da Palavra de Deus comércio, certamente poderão ser curados do seu narcisismo e voltarem a ser crentes de fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Será sempre um grande prazer receber seus comentários, por isto, comente! Porém, em respeito aos demais leitores e visitantes seus comentários serão publicados após aprovação dos editores e do proprietário do blog. Grande abraço, obrigado pelo carinho e... COMENTE!!

Related Posts with Thumbnails

Faça parte de nosso ministério!

Faça parte de nosso ministério!