SEJA BEM VINDO SEMPRE!

Olá! Que a Paz de Cristo reine em teu coração! É um grande prazer receber você em minha página. Espero que edifique sua vida e que você indique este blog às outras pessoas! Abraço.

quarta-feira, 30 de abril de 2014

O PERIGO DA CALÚNIA - Devemos acreditar em tudo o que ouvimos sobre as pessoas?



O que é CALÚNIA?
De acordo com o Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, calúnia é o ato de procurar incriminar alguém, fazendo-lhe acusações falsas, etc.
Uma das piores práticas do ser humano é o ato de caluniar, mentir contra o seu próximo, tentar eximir-se de culpas pessoais transferindo responsabilidades por atos cometidos a outros. Além de ser um grave pecado, é mau caratismo e constitui-se crime previsto em lei. Nos dias atuais, com a força da mídia virtual e da comunicação de massa, ficou muito fácil propagar boatos, falsas informações e difamações contra as pessoas. Além disto, existem pessoas adeptas da mentira, das fofocas e dos mexericos apenas por bel prazer. Sem contar, claro, as já citadas que destilam seu veneno para eximirem-se de suas próprias culpas, acusando e difamando as outras. Para aqueles que não possuem princípios ou escrúpulos, torna-se muito mais fácil culpar outras pessoas pelos seus erros, que assumi-los dignamente. Bem, quando alguém maldisser qualquer pessoa para você, tentar destruir a imagem de alguém que você conhece tão bem ou de quem você possui as melhores referências, informações e exemplos, seja cuidadoso(a). Verifique os seguintes princípios:
1) Qual é o histórico moral desta pessoa que está difamando outra?

2) Há quanto tempo você conhece o difamador e há quanto tempo você conhece a pessoa que está sendo difamada?
3) Quais são as provas que esta pessoa apresenta e o grau de confiabilidade delas?
4) Os testemunhos ora usados para embasar as acusações procedem de pessoas confiáveis e de boa índole, bom caráter?
5) Qual é hoje a situação moral e espiritual da pessoa que difama, calunia, acusa?
6) Qual é a situação moral e espiritual da pessoa acusada?
7) Que interesses realmente estão por detrás do acusador e de suas acusações?
8) Você considera corretas, equilibradas, proporcionais e coerentes as atitudes gerais do caluniador em relação às acusações feitas ao caluniado?
9) Se for crente, qual é a situação, posição e nível espiritual real do acusado?
10) Seguindo o mesmo raciocínio, qual é a situação, posição e nível espiritual real do acusador?
11) Que tipo de testemunho público pesa sobre a vida do caluniador e que tipo de testemunho público pesa sobre a vida do acusado?
12) Se for crente, qual a coerência das atitudes gerais e particulares do caluniador com a Bíblia Sagrada? O mesmo aplica-se ao acusado.
13) Você realmente sente-se bem convivendo com o caluniador e suas atitudes e comportamento?
14) O quanto você mesmo, que ouve o caluniador, conhece a Palavra de DEUS, se dispõe a obedecê-la e é fiel aos seus princípios?
15) Seus conceitos, princípios e comportamento são constantemente alterados com a cultura, os modismos e o relativismo moral e cultural, ou você é uma pessoa firme em sua personalidade e caráter?
16) Você considera a Bíblia Sagrada um livro atual e inerrante, ou você a considera ultrapassada, cheia de falhas e antiquada?
17) Você é a favor da política da boa vizinhança independentemente dos fatos ou das circunstâncias ou você sempre deixa clara sua posição em relação ao que está certo e ao que está errado?
18) Que tipos de frutos produz a pessoa que faz a calúnia e que tipos de frutos produz a pessoa caluniada? Afinal, a Bíblia diz que pelos frutos os conheceremos (Mateus 7: 16).
19) Finalmente, você toma posição firme contra o caluniador e a favor do caluniado, ou você simplesmente fica em cima do muro e tenta ser simpático a todos?

Analise esses princípios e orientações atentamente e pese tudo equilibradamente. Depois, só chegue a uma conclusão se sua conclusão não ferir as leis de DEUS. Assim deve se tratar o caluniador e suas calúnias e o caluniado. Lembre-se que sua forma de julgar, pode revelar o seu real caráter!
A todos os meus preciosos, prezados e nobres leitores, indistintamente.

Abraços e Paz...

Pr. Jesiel Freitas

quarta-feira, 23 de abril de 2014

CONTENTE-SE COM O QUE VOCÊ TEM - Aprenda a ser feliz com o "SER" e não com o "TER"


É muito desagradável conviver com pessoas descontentes, insatisfeitas. Há quem não se contenta com absolutamente nada, tudo é pouco e pouco é nada. Normalmente, as pessoas descontentes são amargas, tristes, depressivas e invejosas. Vivemos no século do consumismo, e isto tem escravizado milhares de pessoas. A felicidade não te a ver com o TER e sim com o SER. Assista esta mensagem e tenha sua vida edificada.


Se desejar, acesse regularmente o canal do Ministério Palavra no Altar, no YOUTUBE e assista novas mensagens.


Pr. Jesiel Freitas
Ministério Palavra no Altar


terça-feira, 22 de abril de 2014

VOCÊ ACHA CORRETO QUE UM CRENTE TENHA A "BOCA SUJA" ?



Há muitos que, dizendo-se cristãos, não permitem que seus lábios sejam purificados




Como uma pessoa pode dizer-se cristã, proferindo o tempo todo palavrões, palavras torpes, xingamentos e coisas parecidas? Que justificativa pode dar alguém que diz ter conhecido a CRISTO e ter tido sua vida transformada, quando sua linguagem permanece impura, infame e sem pudor? Conheço algumas pessoas que justificam-se de tal procedimento, alegando origens naturais e nacionais, como por exemplo: "sou nordestino, sou italiano, sou espanhol..." etc. Notemos o que diz o apóstolo Paulo aos Efésios 4: 29,30: 


"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem. E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção".

TORPE > 1. Desonesto, impudico (sem pudor) 2. Infame 3. Repugnante, nojento 4. Obsceno, indecente - TORPEZA.

Pronunciar palavras torpes, independentemente das origens que você possui, ou do sentido que dá a elas, simplesmente profana os seus lábios, que, teoricamente, deveriam ser santificados por DEUS e a DEUS. Dos lábios de uma pessoa verdadeiramente cristã, jamais devem sair palavras despudoradas, nojentas, obscenas, indecentes. O que falamos, revela o que temos em nossos corações. Além de excessivamente desagradável e feio, a prática de falar palavras obscenas, palavrões ou o que você queira entender, ridiculariza quem fala e desrespeita os que ouvem. Mas, acima de tudo, desagrada a DEUS. Só abra a boca se for para edificar, se não, mantenha-na fechada. Será mais edificante. Quem ouve você deve ser sempre abençoado, edificado com as suas palavras, isto claro, se você realmente é CRENTE. Se não for, então justifica-se a displicência. Todavia, se passar-se por cristão e mantiver a prática, revelará abertamente que vive de aparências e que de fato não foi transformado(a) por DEUS! Como alertou o apóstolo Paulo, "não entristeçais o Espírito de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção", e, digo eu, se é que estais selados! Quando você estiver com um "crente" que possui este hábito, esteja alerta... Você pode estar encarando gato como lebre!

Pr. Jesiel Freitas
Ministério Palavra no Altar

segunda-feira, 14 de abril de 2014

domingo, 13 de abril de 2014

LIDANDO COM A INGRATIDÃO - O que você sente quando pessoas são ingratas com você?


A ingratidão, é um dos piores defeitos do ser humano, e é tão cruel que fere a alma, afeta os sentimentos e causa sofrimento em quem a recebe. Não há nada mais doloroso que fazer o bem às pessoas, e, como recompensa receber a indiferença, o mal, a ingratidão. Muitas vezes não esperamos nada em troca, recompensa alguma, no entanto, esperamos pelo menos que aqueles que receberam o bem de nós, não nos paguem com o mal. Tão ruim quanto receber a ingratidão, é ser uma pessoa ingrata. Assista esta mensagem e edifique a sua alma.


Regularmente, se desejar, acesse nosso canal no YOUTUBE e assista outras mensagens de edificação espiritual. Indique o canal à outras pessoas e que DEUS te abençoe.

Ministério Palavra no Altar

quinta-feira, 10 de abril de 2014

NÃO É A VERDADE QUE ESTÁ MATANDO OS HOMENS...


Não é a verdade que está matando os homens, é a mentira. Não é a sinceridade nua e crua que mata, mas a hipocrisia. Não é a simplicidade, humildade ou o ter pouco que matam, mas a soberba, a arrogância, a prepotência e a ambição descontrolada! Vivemos um mundo mascarado de ditos que não saem do coração, de verdades falsificadas, de mentiras acreditadas, de palavras de conveniências e de frases de efeito! Vivemos a máxima das aparências, vivemos a vitrine da beleza efêmera, vivemos o tempo da falsa auto-imagem e da falsa imagem de quem vemos. Vivemos a época dos objetos humanos, em que corpos e silhuetas não passam de convites à sensualidade, ao sexo barato, gratuito, errado, transgressor, adúltero e irresponsável. Vivemos o tempo da irresponsabilidade que mata, da inconsequência que aleija, mata e faz sofrer. Vivemos o tempo dos atos impensados e dos valores imediatos, onde princípios nada valem e valores familiares estão extintos. Que tempo é este? O tempo das esposas que traem inescrupulosamente seus maridos entregando-se aos amantes, abandonando seus filhos e agarrando-se firmemente às aventuras que nenhuma firmeza oferecem. O tempo dos maridos cruéis, insensíveis, sem afeto, ingratos e inconsequentes que põem em jogo suas preciosas famílias em troco de frívolas aventuras. Vivemos o tempo dos pecados justificáveis, das impiedades corriqueiras e das iniquidades costumeiras, quase sem culpas ou totalmente sem elas. O que está matando os homens são as consequências não esperadas, ignoradas, esquecidas, não planejadas, zombadas, ridicularizadas. O que está matando os homens é a crença de que não haverá resposta para tudo o que fazem... O que está matando os homens é a falsa, insana, débil e enlouquecida crença de que DEUS dorme, ignora ou não existe enquanto fazem o que fazem! Tudo isto está devorando homens, uns após outros, sem que percebam de pronto que estão morrendo, e, só mais tarde na eternidade é que se arrependerão do que não poderá mais ser arrependido!

Pr. Jesiel Freitas




quarta-feira, 9 de abril de 2014

GUERRA NA FAMÍLIA, PAZ NA ALMA - Só você serve a CRISTO na sua família?


Como lidar com a resistência da família, quando somente você serve ao SENHOR JESUS CRISTO em sua casa? O que fazer com as tradições religiosas familiares? Algumas pessoas são excluídas do convívio familiar quando decidem servir ao SENHOR JESUS CRISTO! Assista esta mensagem e tenha sua fé edificada, fortalecida...


Acesse regularmente o Canal Palavra no Altar no YOUTUBE, e assista novas mensagens do Pastor Jesiel Freitas. Você será sempre bem-vindo. Indique o canal a outras pessoas.

Ministério Palavra no Altar

sexta-feira, 4 de abril de 2014

O CRISTÃO E AS INJUSTIÇAS - Como você lida com as injustiças do cotidiano?


Assista esta mensagem e veja como você, sendo cristão, deve comportar-se diante das injustiças sofridas cotidianamente. Esperamos que você seja edificado.


Visite semanalmente nosso canal no YOUTUBE e veja mensagens edificantes para sua vida.

Ministério Palavra no Altar
Related Posts with Thumbnails

Faça parte de nosso ministério!

Faça parte de nosso ministério!